Terça, 14 de Novembro de 2017 às 16:32
CCJ aprova criação do Dia da Policial Militar
Data de nascimento da patrona da primeira turma de policiais femininas é sugerida para homenagear as mulheres da corporação
Por: Da redação, com informações da Assembleia Legislativa
Cabo Toco foi a primeira mulher a entrar para a Brigada Militar e usar farda. FOTO - Reprodução/Divulgação

Os deputados que compõem a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Assembleia Legislativa aprovaram por unanimidade nesta terça-feira, 14 de novembro, o parecer favorável do Projeto de Lei 180/2015, que institui o Dia da Policial Militar no Rio Grande do Sul. Pela proposição, de autoria do deputado estadual Gilmar Sossella (PDT), a data será comemorada anualmente em 18 de junho. “Sugerimos o dia em homenagem à policial Olmira Leal de Oliveira, a Cabo Toco, que foi a primeira mulher gaúcha a ostentar a farda da Brigada Militar. E, por meio dela, queremos estender o reconhecimento a todas, para celebrar o árduo trabalho de todas as mulheres que são policiais militares”, justificou Sossella.

A Cabo Toco nasceu em Caçapava do Sul, em 18 de junho de 1902. Foi recrutada aos 21 anos para servir como enfermeira durante o movimento armado de 1923, quando Borges de Medeiros lutava pela legitimidade de sua reeleição ao governo do Estado. Ela lutou ainda, nos movimentos revolucionários seguintes (1924 e 1926).

Olmira ficou conhecida como Cabo Toco graças a sua participação nas tropas da Brigada Militar durante a Revolução Federalista, enfrentando o general Zeca Neto. Na década de 20, integrou as fileiras da Brigada Militar como combatente e enfermeira do 1º Regimento de Cavalaria, hoje 1º Regimento de Polícia Montada, sediado em Santa Maria.

Participou ainda dos movimentos revolucionários de 1923, 1924 e 1926. Incorporou em 1923 e só deixou a Brigada em 1932. Ela também é patrona da primeira turma de Policiais Militares Femininas do Estado. Morreu em outubro de 1989, aos 87 anos, em Cachoeira do Sul.

O Projeto de Lei, que teve como relator na CCJ o deputado Elton Weber (PSB), agora segue para a votação em plenário. 

Comentários
Notícias Relacionadas
Últimas Notícias
  • 19/11/2017 - 22:30
    Seminário Menor Nossa Senhora Medianeira realiza tradicional fest...
  • 19/11/2017 - 22:30
    Cerca de 50 kg de drogas foram apreendidas em Sarandi
  • 19/11/2017 - 22:00
    Veículo roubado é recuperado em posto de combustíveis em Seberi...