Quinta, 15 de Junho de 2017 às 18:18
Moradores de FW já podem agendar recebimento do kit gratuito de TV digital
Benefício é para quem possui Bolsa Família, Minha Casa Minha Vida e pode ser solicitado pela internet
Por: Eder Calegari (eder.calegari@folhadonoroeste.com.br)
Foto - Arte/Reprodução/Site

Conforme a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), o desligamento do sinal da TV analógica aberta (Ex. RBSTV Passo Fundo), deverá ocorrer em Frederico Westphalen e na região até o dia 31 de dezembro de 2023. A emissora poderá migrar o sinal antes deste prazo. Quando isto ocorrer, apenas o sinal HD, que possui melhor qualidade em áudio e vídeo, ficará disponível. Este novo sinal será captado por televisores mais recentes de tela plana (LCD, led ou Plasma), que já possuem de fábrica a tecnologia.

Para que o sinal funcione em televisores de tubo, será necessário instalar um kit conversor composto por antena digital, receptor e controle remoto. No comércio estes aparelhos custam em média R$ 200. Este kit será entregue gratuitamente pelo governo federal para as famílias que possuem algum benefício social como por exemplo, o Bolsa Família, Minha Casa Minha Vida e Tarifa Social de Energia.

O agendamento da entrega do kit já pode ser solicitado pela internet, para quem reside em Frederico Westphalen e região. Um site foi criado em parceria com a Anatel para receber os pedidos. Se você tem direito entre no endereço sejadigital.com.br e faça o cadastro.

Tenha em mãos os documentos pessoais. A entrega será feita em etapas conforme ocorrer o desligamento do sinal analógico.

Comentários
Notícias Relacionadas
  • 00/00/0000
    Moradores de FW já podem agendar recebimento do kit gratuito de T...
  • 24/01/2017 - 19:58
    RBSTV testa sinal digital em Frederico Westphalen
  • 27/11/2015
    Administração distribui kits de escovação
Últimas Notícias
  • 15/12/2017 - 23:10
    Fréu Petiscaria inaugura em FW
  • 15/12/2017 - 19:42
    Prefeitos se reúnem para última reunião ordinária da Amzop no ...
  • 15/12/2017 - 18:55
    Cidade monitorada é a nova aposta para aumentar segurança