Educação para todos – declaração da cúpula mundial de educação – DAKAR 2000 (III)
Sexta, 09 de Junho de 2017

Prezados leitores, na coluna desta semana, seguiremos trazendo as resoluções do Fórum Mundial de Educação organizado pelas Nações Unidas e realizado na cidade de Dakar, por estar a orientar as intervenções da maioria dos países do mundo, na construção de uma educação que seja realmente para todos. Estamos trazendo o ponto 8 desta resolução.

No ponto 8, a resolução define que, para se atingir os objetivos do encontro, os governos, organizações, agências, grupos e associações representadas na Cúpula Mundial de Educação, se comprometem a:

a) Mobilizar uma forte vontade política nacional e internacional em prol da Educação para Todos, desenvolver planos de ação nacionais e incrementar de forma significativa os investimentos em educação básica;
b) Promover políticas de Educação para Todos dentro de marco setorial integrado e sustentável, claramente articulado com a eliminação da pobreza e com estratégias de desenvolvimento;
c) Assegurar o engajamento e a participação da sociedade civil na formulação, implementação e monitoramento de estratégias para o desenvolvimento da educação;
d) Desenvolver sistemas de administração e de gestão educacional que sejam participativos e capazes de dar respostas e de prestar contas;
e) Satisfazer as necessidades de sistemas educacionais afetados por situações de conflito e instabilidade e conduzir os programas educacionais de forma a promover compreensão mútua, paz e tolerância, e que ajudem a prevenir a violência e os conflitos;
f) Implementar estratégias integradas para promover a equidade de gênero na educação, que reconheçam a necessidade de mudar atitudes, valores e práticas;
g) Implementar urgentemente programas e ações educacionais para combater a pandemia HIV/AIDS. Criar ambientes seguros, saudáveis, inclusivos e equitativamente supridos, que conduzam à excelência na aprendizagem e níveis de desempenho claramente definidos para todos;
h) Melhorar o status, a autoestima e o profissionalismo dos professores;
i) Angariar novas tecnologias de informação e comunicação para apoiar o esforço em alcançar as metas EPT;
j) Monitorar sistematicamente o progresso no alcance dos objetivos e estratégias de EPT nos âmbitos internacional, regional e nacional;
k) Fortalecer os mecanismos existentes para acelerar o progresso para alcançar Educação para Todos.

Seguiremos trazendo mais pontos desta importante resolução comprometida com a educação para todos em todos os países, nas próximas colunas.

Comentários