Como se realiza a Dimensão Colegial do Ministério Eclesial?
Sexta, 29 de Setembro de 2017

Meus amigos e minhas amigas! Chegamos à pergunta do Compêndio do Catecismo da Igreja Católica, que temos certeza que com esta caminhada, não apenas conhecendo mais a nossa Igreja, mas amando-a melhor. Amando-a mais profundamente como um dom do Senhor, que realmente é. E esta pergunta trata da seguinte questão: como se realiza a Dimensão Colegial do Ministério Eclesial? Dimensão Colegial?

Quando se fala em Dimensão Colegial, fala-se em comunhão. Não é aquela ideia de cada um por si e Deus por todos. Não, não! Deus não quer cada um por si, mas nos quer unidos. Deus nos quer em comunhão e também quer que a hierarquia, aqueles que exercem um serviço na Igreja, vivam e trabalhem em comunhão. E esta comunhão do colégio episcopal é justamente para despertar a comunhão de todo o povo de Deus. Pois bem, cada bispo exerce o seu Ministério como membro do Colégio Episcopal, em comunhão com o papa. Participando com ele da solicitude da Igreja Universal. Depois do Concílio Ecumênico Vaticano II, que se realizou de 1962 a 1965, acentuou-se esta Dimensão do Colégio Episcopal, que não é cada um se preocupar com a sua diocese, que os outros irmãos se preocupem também com a diocese de cada irmão e juntos cuidemos das necessidades de toda a Igreja. Em vista disso, nasceram as Conferências Episcopais como temos no Brasil, a CNBB - Conferência Nacional dos Bispos do Brasil. Ela visa justamente isso, unir mais todos os bispos. Aproximar mais as dioceses, para ajudarem-se mutuamente.

Então com a presença de cada um, com o seu trabalho, cada um ajuda os outros bispos. Outras igrejas. Outras dioceses. E eles se ajudam elaborando algum trabalho em comum, que poderá ser aplicado, com as devidas adaptações, a cada diocese.

Assim também os presbíteros, os padres, dentro da mesma diocese, devem trabalhar em Comunhão, com todo o presbitério. Em comunhão com o bispo diocesano, que é o responsável pela diocese e pela Igreja particular.

Então esta Dimensão Colegial, esta Dimensão de Comunhão, é essencial na Igreja. Porque foi assim que Cristo fez. Começou reunindo em torno de si um grupo de apóstolos, preparando-os para que se amassem. E chegou a dizer: “Nisto conhecerão que sois os meus discípulos, se vos amardes uns aos outros”.

Quanto mais, portanto, a Igreja está em Comunhão, tanto mais os bispos estão unidos ao papa. Os bispos estão unidos entre si. Os padres estão unidos entre si e com o seu bispo. Mais e melhor, a Igreja exerce a sua Dimensão. Porque falar em igreja é falar em comunhão, já que a Igreja deve ser uma imagem viva da Santíssima Trindade, que é a comunhão do Pai, do Filho e do Espírito Santo.

Para que esta dimensão de comunhão esteja muito presente em sua vida e que você reze sempre por aqueles que têm esta missão de dirigir a Igreja.

Comentários